Segunda-feira, 19 de Outubro de 2020

A MINHA ALMA DESPIDA

121195391_647567762617536_8266704381893221497_n.jp

A minha alma despida...

Numa margem de palavras

Por entre os dedos seguida

De mão em mão conhecida

O silêncio das horas vagas...

 

A minha alma é um mar

Numa onda de poesia...

Onde a lua passa a brilhar

Ao som da garça e da cotovia

Revestida da noite, a esvoaçar...

 

A minha alma é um fado

Quando se extingue o dia...

Sopra o vento no verde prado

Em cada noite de melodia

Entre um sorriso folgado...

 

A minha alma é um poema

Feito no brilho de cada luar

Há entre a dor, o dilema

De viver, sorrir e amar...

Ao encontro da voz suprema...

 

A minha alma é como pluma

No caminho da esperança

Tão leve, trespassa a bruma...

Assume amizade de criança

Onde aurora em flor perfuma...

publicado por perfume da esperança às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.pesquisar

 

.Outubro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Quando eu era pequena

. Se Tiver Que Chover, Que ...

. Alegria, Dança!

. Fim de Semana

. Aos Poucos

. Por Magia

. Desejo-te

. AMIGO...

. Pe. Ronchi: Jesus não é m...

SAPO Blogs

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub